Blog

Retomada do comércio: seis pontos de atenção com a equipe

Publicado em: 24/08/2020

A pandemia gerou uma série de mudanças na rotina e na estrutura do comércio autorizado a retomar as atividades. Muitas dessas adequações referem-se ao processo de atendimento ao cliente e ao reforço da higienização do local. Todas essas precauções fazem muito sentido. Mas não podemos esquecer de que o foco não deve ser apenas a saúde do cliente. Afinal, o bem-estar dos profissionais que atuam no PDV é de extrema importância, pois são eles que colocam o estabelecimento em funcionamento.

 

Seis pontos de atenção no cuidado com os profissionais

  1. Grupos de risco

Faça uma avaliação de todo o time para verificar quantos e quais profissionais são classificados como grupo de risco. Nesse mapeamento, verifique quais precisam ser afastados e quais podem exercer a função de maneira remota. De acordo com dados do Ministério da Saúde, estão mais vulneráveis ao Covid-19 gestantes, lactantes e pessoas com mais de 60 anos de idade, imunodeficientes e/ou portadoras de doenças crônicas ou graves.

 

  1. Home office

Pela natureza do negócio, o comércio exige que boa parte dos profissionais atue de maneira presencial. Porém, na área administrativa, muitas funções podem ser exercidas remotamente. Nesse grupo de trabalho à distância é possível incluir também o cartazista profissional, desde que o estabelecimento tenha aderido ao cartazista eletrônico, um programa para fazer cartaz a qualquer hora e de qualquer lugar. Assim, a equipe do estabelecimento se incumbe apenas de imprimir a peça. É possível, ainda, treinar todo o time no uso do software e realocar o cartazista profissional para outras funções.

 

  1. Expediente

Diante da restrição no horário de funcionamento, muitos gestores do comércio se viram obrigados a aderir à redução de carga horária e remuneração. Para fazer uso dessa medida de maneira mais inteligente, considere dividir a equipe em grupos, de forma que cada time atue em determinados dias da semana, ou seja, por escalas.

 

  1. Itens pessoais de proteção

É recomendado que o PDV ofereça a cada colaborador máscaras, que podem ser descartáveis ou de tecido. Se fizer sentido para o tipo de atividade, disponibilize também luvas descartáveis. Alguns estabelecimentos mais prevenidos entregaram a cada profissional um frasco de álcool em gel para uso individual, enquanto outros disponibilizam potes para uso coletivo.

 

  1. Adequação do ambiente

Sugerimos que, no início e no término do expediente, todos os colaboradores tenham a sua temperatura corporal medida. Além disso, certifique-se de que os profissionais estejam protegidos nos balcões e caixas por painéis de acrílico. Caso existam refeitórios ou salas de descanso no local, faça demarcações para lembrá-los sobre a necessidade de distanciamento.

 

  1. Conscientização

Mantenha a comunicação diária com os colaboradores a respeito de cuidados de higiene em casa, no trabalho e no trajeto entre a residência e o serviço. Além disso, é importante lembrar essas pessoas da importância de manter o distanciamento dos clientes e dos parceiros de trabalho, inclusive quando há a necessidade de reuniões presenciais.

 

A saúde, a qualidade de vida e o bem-estar dos profissionais que atuam no seu comércio geram impactos diretos nos resultados do seu negócio. Por isso é tão importante zelar por esse ativo tão importante.

 

Contato