Blog

Mídia e marketing no pós-pandemia: cinco tendências para considerar em 2021

Publicado em: 15/06/2021

Com as pessoas mais tempo em casa, o consumo de mídia cresceu, mas a confiança do consumidor sofreu redução, como mostra o estudo Tendências e Previsões de Mídia 2021, produzido pela Consultoria Kantar, empresa especializada em pesquisas de mercado. Esse novo cenário – que desafia os profissionais do marketing de varejo – é reflexo dos movimentos gerados pela Covid-19, como distanciamento social e crise econômica.

Dentro desse cenário, os especialistas responsáveis pelo estudo sugerem, pelo menos, cinco pontos de atenção no trato com o cliente:

  1. Comportamento do consumidor

O comportamento das pessoas é muito influenciado por seus próprios pensamentos e sentimentos, que podem ser alterados por fatores particulares ou externos. Em um período de pandemia, no qual a instabilidade prevalece, as marcas devem manter constante atenção às oscilações de desejos, necessidades e expectativas do seu público-alvo, que tende a estar cada vez mais complexo e difícil de interpretar.

  1. Marketing de influência

O marketing de influência tem se tornado um recurso cada vez mais importante na indústria publicitária. Mas os especialistas da Kantar destacam que as marcas devem priorizar trabalhar com influenciadores genuinamente alinhados à sua causa. Do contrário, a associação das marcas pode ser muito arriscada e gerar danos reputacionais.

  1. Plataformas de conteúdo e Redes Sociais

O relatório da Kantar destaca que marcas menores e aquelas focadas no mercado jovem usam plataformas de conteúdo – como Facebook e TikTok – e redes sociais não apenas para segmentar seus consumidores com precisão e publicar conteúdo interessante. Algumas já se deram conta de que esses meios também têm ótimo potencial para converter essas pessoas em compradores, seja por meio de suas lojas ou dos mecanismos de eCommerce integrado.

  1. Inteligência Analítica

Os especialistas destacam, ainda, que não basta ter estratégias de mídia apuradas para chegar ao público-alvo. É preciso “garantir que uma marca permaneça relevante enquanto gera demanda”. Isso exigirá boas práticas que considerem o cruzamento de dados e insights proprietários com informações de mercado geradas por fontes confiáveis. O objetivo é conseguir maximizar esforços mesmo que os orçamentos de marketing estejam cada vez mais restritos

  1. Posicionamento da marca

Outro ponto destacado pela Kantar diz respeito à marca das empresas. Existe a necessidade de que as companhias acelerem suas compreensões sobre como o ativismo impacta na força da marca, considerando propósito e crenças na escolha das mídias nas quais estarão presentes, nas estratégias de desenvolvimento criativo e no contexto de exibição de cada anúncio.

Deixe o cliente ciente das suas boas intenções

Depois da sua equipe interna, o cliente deve ser o primeiro a saber das boas intenções do negócio e dos esforços da organização em estar mais alinhada às necessidades do momento. Cuide para que as comunicações estejam alinhadas tanto no discurso dos profissionais quanto nos ambientes on-line e off-line.

Com relação ao PDV, vale destacar o valor de uma comunicação padronizada, que pode ser conquistada por meio do cartazista eletrônico, software para criar cartazes. A ferramenta, que oferece ao negócio economia de tempo e de recursos financeiros, funciona em cloud computing, podendo ser utilizada por profissionais de qualquer loja por meio de um dispositivo com acesso à internet.

Nós sabemos como te auxiliar nesse desafio de agregar eficiência à comunicação do seu PDV. Vamos agendar uma reunião?

 

Contato